Buscar
  • KSecurity

Rede de refrigeração de vacinas anticovid é alvo de hackers, afirma relatório da IBM

Rede administrada pela Aliança Global de Vacinação (Gavi) para armazenar e distribuir futuras vacinas contra a Covid-19 estão sendo alvo de ataques de hackers]


Foto: Getty Images


Segundo relatório produzido pela força tarefa de inteligência da IBM e divulgado pelo jornal “Financial Times”, ataques cibernéticos estão tentando roubar e até mesmo interromper processos vitais para manter o resfriamento das vacinas contra a Covid-19 durante a logística de distribuição para os hospitais.


Chefe global de ameaças de inteligência da IBM, Nick Rossmann, afirmou em entrevista ao jornal que os hackers tem como objetivo atrapalhar a entrega das vacinas e até mesmo roubar a propriedade intelectual.

“Um lado disso é a espionagem cibernética: Como você transporta as vacinas? Como está funcionando o processo de refrigeração? Como você está gerenciando toda a cadeia logística?”, explicou ele. “Também há potencial para interrupção, de lançar ataques que atrapalham as vacinas e sua distribuição para minar a confiança nelas em todo o mundo”, falou ele.


Pesquisadores da IBM ainda não sabem se os hackers tiveram sucesso em ganhar acesso às redes das empresas de refrigeração. A Gavi disse que tem “processos fortes” em vigor para evitar tais ações e que continuaria a fortalecer sua segurança.

E sua empresa, mantém seus dados em segurança?

Nossa equipe de especialistas está pronta para auxiliar na implementação da melhor solução para seu negócio. Converse agora com um de nossos consultores: comercial@ksecurity.com.br


Fonte: Istoé

0 visualização0 comentário

© 2020 por KSecurity | Todos os direitos reservados | marketing@ksecurity.com.br