Garmin sofre ataque de Ransomware

Possível ataque paralisa sistema de GPS e canais de comunicação da empresa


Segundo site ZDNet, a fabricante de relógios inteligentes e equipamentos de GPS Garmin, sofreu um ataque de ransomware em larga escala e causou uma série de instabilidades em todos os serviços oferecidos pela empresa, paralisando inclusive sistemas de GPS. 


O ataque teria criptografado parte da rede interna e alguns sistemas mais vitais da empresa, fazendo com que sistemas tenha sidos tirados do ar, inclusive o Garmin Connect, o que impossibilitou a sincronização de informações com outros dispositivos e aplicativos.



Reprodução ZDNet


Alguns pilotos de avião, também relataram dificuldades em utilizar a base de dados recentes da plataforma de navegação da cia. Os pilotos informaram que que não foi possível baixar uma versão do banco de dados de aviação da Garmin em seus sistemas de navegação de avião. Para que fiquem dentro das normas da FAA, os dispositivos de navegação precisam estar com o banco de dados atualizados o que não foi possível com a instabilidade do sistema.


A empresa está planejando uma janela de manutenção de vários dias para lidar com as consequências do ataque, e inclui o seu site oficial, serviço de sincronização de dados do usuário Garmin Connect, os serviços de banco de dados de aviação da Garmin e até algumas linhas de produção na Ásia.


Reprodução ZDNet


A Garmin não confirmou ainda que essa modalidade de golpe foi a causa da instabilidade, mas diversos funcionários já confirmaram a informação nas redes sociais. Todos os canais de contato com a marca, também foram afetados.


"No momento, estamos enfrentando uma interrupção que afeta o aplicativo móvel do Garmin Connect, estando inativo no momento. Essa interrupção também afeta nossas centrais de atendimento e, atualmente, não podemos receber chamadas, e-mails ou bate-papos on-line. Estamos trabalhando para resolver esses problemas o mais rápido possível e pedimos desculpas por esse inconveniente", diz o comunicado oficial, publicado nas redes sociais e no site da companhia.


Alguns funcionários da Garmin, atribuíram o incidente a uma nova variedade de ransomware que apareceu no início deste ano, chamada WastedLocker . O site ZDNet não conseguiu verificar essas alegações durante nossas entrevistas com os funcionários da Garmin, e isso permanece apenas especulação, neste momento.


No entanto, o incidente parece ser muito maior e mais devastador do que a Garmin indicou através de sua declaração inicial.


No cenário atual de cibersegurança, apenas os ataques de ransomware têm o poder destrutivo de fazer com que as empresas desliguem as linhas de produção, serviços online, sites, servidores de email e call centers em questão de horas e entrem em um modo de manutenção inesperada.


Também não está claro se algum dado do cliente foi perdido ou roubado durante o incidente de hoje. Nos últimos meses, as gangues de ransomware modificaram seu modus operandi para incluir também roubo de dados, além da criptografia de arquivos.


Por enquanto, não há detalhes sobre eventuais roubos de dados ou danos graves ao sistema.


Nós da KSecurity, contamos com uma equipe de especialistas em segurança da informação, e estamos prontos para manter em segurança seus dados.


Entre em contato agora com nossa equipe, e descubra a melhor solução para seu negócio: contato@ksecurity.com.br


Fonte: ZDNet

0 visualização
  • Twitter Ksecurity
  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon

© 2019 by KSecurity - Todos os Direitos Reservados

FALE COM A K