Brasileiros confiam na biometria para autenticar transações

Maioria dos correntistas aceitam ceder seus dados biométricos para as instituições financeiras.


Segundo uma pesquisa realizada pela Dynata encomendada pela FICO feita com 5 mil pessoas de dez países: Brasil, México, Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Canadá, Malásia, Filipinas, Turquia e Suécia, ficou constatado que a maioria dos brasileiros aceitam fornecer seus dados biométricos para a confirmação de sua identidade aos bancos, como forma de segurança. 86% liberariam seus dados biométricos.


O estudo realizado entre Fevereiro e Março deste ano, revela que estão entre os recursos preferidos pelos entrevistados: impressão digital (83%), leitura facial (54%) e varredura ocular (35%).


Perguntados sobre as alternativas de acessos aos bancos, 53% desejam receber senhas via SMS a cada acesso; 50%, usar o scanner de impressão digital; 45% preferem login e senha próprios; 36%, scanner facial; 34%, código de acesso via e-mail; 24%, um código gerado pelo banco; 19%, acesso falado único ao celular; 15%, reconhecimento de voz; e 14%, código de acesso único entregue falado para o telefone residencial.


O mesmo estudo também traz um dado bem interessante sobre o e-commerce.


Segundo informações da Dynata, 37% deixaram de comprar um produto por esquecerem a senha de um e-commerce e 13% não puderam abrir negociação com um fornecedor porque esqueceram suas senhas.

Analisando o comportamento dos usuários, identificou-se que as pessoas possuem hábitos pouco seguros em relação aos seus dados: 29% dos consumidores que usam uma senha para cinco ou mais contas e 23% optam por escrever suas senhas em caderno ou em arquivo no celular.


Converse com nossa equipe de especialistas e descubra a melhor solução para manter seus dados seguros:comercial@ksecurity.com.br


Fonte: Mente Binária

0 visualização
  • Twitter Ksecurity
  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon

© 2019 by KSecurity - Todos os Direitos Reservados

FALE COM A K