Protiviti relaciona os TOP 10 Risks para 2019



Protiviti relaciona os TOP 10 Risks para 2019. Uma série de fatores de risco significativos estão contribuindo para o diálogo de risco que acontece hoje em salas de reuniões executivas.

As expectativas das principais partes interessadas em relação à necessidade de maior transparência sobre a natureza e a magnitude dos riscos assumidos na execução da estratégia corporativa de uma organização continuam altas. Pressões de conselhos, mercados voláteis, intensificação da concorrência, requisitos regulatórios exigentes, mudanças na dinâmica do local de trabalho, mudanças nas preferências dos clientes, incertezas relacionadas a eventos catastróficos e outras forças dinâmicas estão levando a crescentes demandas de gerenciamento para projetar e implementar recursos eficazes de gerenciamento de risco e mecanismos de resposta. , avaliar e gerenciar as principais exposições a risco da organização, com a intenção de reduzi-las a um nível aceitável.

Entre os fatores de preocupação estão:

  • Mudança de normas e expectativas culturais de responsabilidade;

  • Novos modelos de negócios disruptivos;

  • Inovação gerada por tecnologias emergentes;

  • Mudanças na paisagem geopolítica;

  • Negociações em torno do legislações;

  • Mudança das preferências do cliente e os dados demográficos;

  • Desastres naturais;

  • Recorde de baixas no desemprego em países industrializados;

  • Aperto nos mercados de trabalho e aumento da competição por talentos especializados;

  • Desafios de imigração;

  • Violações cibernéticas em grande escala;

  • Terrorismo;

  • Análise de big data;

  • Dólar americano em alta

Baseado nestes fatores a pesquisa da empresa Protivi relacionou os 10 Top Risks para 2019:

  1. Operações existentes que atendam às expectativas de desempenho, competindo com empresas “nascidas digitais”

  2. Desafios de sucessão e capacidade de atrair e reter os melhores talentos

  3. Mudanças regulatórias e escrutínio regulatório

  4. Ameaças cibernéticas

  5. Resistência à mudança de operações

  6. Velocidade rápida de inovações disruptivas e novas tecnologias

  7. Privacidade / gerenciamento de identidade e segurança da informação

  8. Incapacidade de utilizar Analytics e big data

  9. A cultura da organização pode não incentivar suficientemente a identificação e escalonamento oportuno de questões de risco

  10. Sustentar a lealdade do cliente e retenção


O relatório completo está disponível no endereço https://www.protiviti.com/

#segurança #hackersProteçãodedadoscorporativos #ngfw #casb #ataqueDDoSrespostadeincidentes #forcepoint #utm #fortinet #ksecurity #mssp

0 visualização
  • Twitter Ksecurity
  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon

© 2019 by KSecurity - Todos os Direitos Reservados

FALE COM A K