Inclua segurança nos seus planos de transformação digital



Uma pesquisa da Dimensional Research, encomendado pela Dell, ouviu recentemente 631 executivos de TI dos Estados Unidos e Europa. Exatamente 97% por cento dos entrevistados relataram que suas organizações investiam em transformação digital – incluindo nuvem, internet das coisas e projetos mobile. Contudo, 76% sentiram que suas equipes de segurança foram trazidas para projetos de transformação tarde demais para ter um impacto ou foram ignoradas por completo. O reflexo no negócio não poderia ser mais prejudicial.

Risco de segurança

Incluir a segurança nos planos de transformação digital deveria ser algo intuitivo para qualquer empresa ou modelo de negócio. Primeiramente, porque as áreas relacionadas à transformação digital – como mobile, internet das coisas, nuvem e autoatendimento – aumentam o risco de quebra de segurança. Elas dão às organizações menos controle sobre os dados e sistemas de acesso e, consequentemente, também podem afetar a produtividade do negócio.

A ameaça crescente da Internet das coisas, por exemplo, está rapidamente se tornando uma realidade, como novos métodos de ataque que emergem diariamente. No caso específico da internet das coisas, um risk assessment se torna altamente relevante. Além disso, há uma necessidade de proteger todo um ecossistema que vai além da segurança da conectividade e das redes privadas virtuais.

Segurança garante valor

Big data, analytics, computação em nuvem e Internet das Coisas são recursos fundamentais para as estratégias de crescimento digital que dependem de conectividade. O nível de confiança que você tem em incorporar essas tecnologias digitais em seu negócio, porém, é o que garantirá seu valor no mercado.

A segurança cibernética é um dever para toda a empresa e deve ser pensada como uma vantagem estratégica que pode fornecer a confiança necessária para mover-se rapidamente e tirar partido das novas oportunidades, que distinguirá a empresa de seus concorrentes.

Na prática, a segurança aliada à transformação digital captura valor para a sua organização e garantem crescimento. Assim, o CEO e o conselho corporativo também são responsáveis por discutir questões de segurança cibernética, mesmo quando não possuem um time de TI alocado na empresa.

As soluções de segurança devem ser personalizadas e estarem de acordo com o contexto de negócio de cada empresa.

#segurança #hackersProteçãodedadoscorporativos #ngfw #logistica #casb #ataqueDDoSrespostadeincidentes #forcepoint #utm #fortinet #ksecurity #mssp

2 views
  • Twitter Ksecurity
  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon

© 2019 by KSecurity - Todos os Direitos Reservados

FALE COM A K