Shadow IT: está na hora de apostar nessa tendência?



“Shadow IT” ou “TI das sombras” é uma espécie de fenômeno que vem ocorrendo em empresas onde o departamento de TI está deixando de ser necessário para a execução de tarefas cotidianas do negócio. Com a evolução da computação na nuvem e com a popularização dos dispositivos móveis e aplicativos extremamente intuitivos, a tecnologia foi ganhando espaço das empresas, sem que para isso fosse necessária a participação de profissionais especializados e capacitados em tecnologia da informação.

Originalmente, os departamentos de TI tinham a função de definir quais seriam as aplicações e ferramentas de tecnologia a serem utilizadas pela empresa. Da mesma maneira, cabia ao departamento determinar como cada setor teria acesso à esses recursos. Em muitas empresas que investiram em automação por meio de softwares esse sistema ainda é bastante aplicado.

No entanto, com uma relação cada vez mais estreita com a tecnologia e com o desenvolvimento de ferramentas e aplicativos especializados, a atuação do departamento de TI vem sendo relegada às sombras, já que profissionais que não possuem qualquer especialização em tecnologia são capazes de utilizar ferramentas eficientes sem que para isso seja necessário consultar o departamento.

Devo apostar nessa tendência?

O ponto mais sensível e questionável do Shadow IT diz respeito à importância da gestão de segurança da informação, já que o desconhecimento acerca de mecanismos de segurança da informação, integração e disponibilidade pode levar a verdadeiras catástrofes dentro de uma empresa.

Não basta apenas contar com a ferramenta ou solução tecnológica, é necessário que esse recurso atenda às necessidades de segurança da informação para empresas e permita a segurança, o fluxo de dados e principalmente a integração inteligente entre os usuários.

O novo papel do TI

Uma questão, no entanto, não se tem como negar. O Shadow IT vem ganhando espaço, pois representa uma grande economia para as empresas, sem que isso promova uma perda de produtividade e eficiência. Por isso, o ideal não é coibir ou mesmo evitar a tendência, mas sim saber trabalhar de forma inteligente com essa realidade.

É o caso, por exemplo, de contar com o suporte de TI como uma atividade acessória da empresa, ou seja, como uma consultoria. Em vez de manter um departamento inteiro de TI promovendo gastos grandes, sem necessariamente apresentarem reais utilidades, que tal contar com a expertise desses profissionais para eleger as ferramentas certas, possibilitando que a integração, a segurança e o fluxo de dados se mantenha preservado?

A decisão final cabe sempre a cada empresa, porém a consultoria profissional inegavelmente possui um papel preventivo importante que não deve ser ignorado, especialmente quando se esta diante de uma tendência.

#segurança #hackersProteçãodedadoscorporativos #ngfw #logistica #casb #ataqueDDoSrespostadeincidentes #forcepoint #utm #fortinet #ksecurity #mssp

2 views
  • Twitter Ksecurity
  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon

© 2019 by KSecurity - Todos os Direitos Reservados

FALE COM A K