O que torna a gestão de segurança da informação efetiva?



São muitos os motivos que tornam a gestão de segurança da informação algo pouco eficiente dentro de uma empresa e, ao contrário do que muitos empreendedores pensam, isto não está diretamente relacionado ao budget. É fundamental que a segurança da informação seja trabalhada com inteligência e esteja enraizada de forma sólida na cultura da empresa. Caso contrário, a chance de se investir em ferramentas que rapidamente se tornam insuficientes, é grande. Quer saber o que torna a gestão de segurança da informação mais efetiva para uma empresa? Então continue acompanhando nosso post!

Identificar ameaças e riscos

Um dos primeiros passos que torna a gestão de segurança da informação mais efetiva é a identificação de ameaças e riscos aos dados. Na sequência, é preciso identificar quais dados são considerados ativos de grande valor e como isolá-los dentro de um processo de ataque, possibilitando uma espécie de blindagem dessas informações. É preciso que a empresa tenha clareza sobre o valor das informações que possui e qual o grau de proteção que deve ser atribuído de acordo com o risco das ameaças.

Desenvolver líderes de segurança da informação

Os treinamentos em segurança da informação devem ser um hábito dentro de toda empresa. O objetivo desse tipo de capacitação não é apenas educar, mas principalmente engajar os colaboradores para que os ataques sejam evitados. Uma forma eficiente de se promover isso é por meio do desenvolvimento de lideranças que estimulem boas práticas no dia a dia da empresa e acabem envolvendo um número crescente de colaboradores no processo de conscientização e ação para evitar ataques.

Fazer com que a segurança da informação integre a cultura do negócio

Além de desenvolver treinamentos, a empresa que deseja ter efetividade em segurança da informação deve investir em treinamentos. Por isso, é fundamental contar com um budget de proteção e ter em sua política interna a segurança da informação como um valor em um investimento. Quando a empresa enxerga a segurança da informação como um custo, geralmente são realizadas economias pouco inteligentes, que acabam prejudicando a segurança como um todo.

Conte com o auxílio de especialistas em TI

O Shadow IT, ou TI invisível, tornou-se uma tendência para muitas empresas, já que a maioria dos softwares pode ser operada de forma intuitiva. Porém, quando se trata de segurança da informação, é necessário contar com profissionais especializados que não apenas conheçam as vulnerabilidades do sistema, mas também sejam capazes de montar planos de ação para agir de forma correta antes, durante e após os ataques.

Investir nas ferramentas corretas

Muitas empresas acabam investindo em ferramentas como antivírus e firewalls, que não contemplam, muitas vezes, todos os tipos de ataques. Mais do que ferramentas, as empresas devem investir em monitoramento e mapeamento de vulnerabilidades, para que os ataques sejam combatidos não apenas de forma preventiva, mas também de forma ativa, ou seja, quando o vírus já entrou no sistema.

Um sistema de segurança da informação eficiente trabalha com diferentes ferramentas, já que é impossível fazer com que uma única ferramenta assegure um sistema como um todo. Por isso o ideal é mapear as vulnerabilidades e monitorar o sistema constantemente. Caso haja algo anormal, então, a empresa já tem mais elementos para buscar os antídotos certos.

#segurança #hackersProteçãodedadoscorporativos #ngfw #logistica #casb #ataqueDDoSrespostadeincidentes #forcepoint #utm #fortinet #ksecurity #mssp

0 visualização
  • Twitter Ksecurity
  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon

© 2019 by KSecurity - Todos os Direitos Reservados

FALE COM A K