Como a nuvem está mudando a segurança da informação



O cloud computing ou computação na nuvem parece ser um caminho sem volta para as empresas. Com esse sistema de armazenamento de dados, os softwares e hardwares tornaram-se dispensáveis, promovendo mais economia de espaço e de recursos para muitos negócios.

Os benefícios da nuvem são inúmeros, especialmente no que se refere à manutenção e suporte que são bastante simplificados. Além disso, essa tecnologia vem conquistando cada vez mais adeptos pois se trata de um dos modelos de melhor adaptação ao chamado BYOD (“Bring your own device”), em que as empresas permitem (em alguns casos, até incentivam) o uso de dispositivos eletrônicos próprios para a realização do trabalho. Como o trabalho remoto e o home office se tornaram tendência, é necessário contar com um sistema que se adapte também a essa cultura.

Porém, embora haja muita praticidade e benefícios, no que se refere à segurança da informação, muitos são os questionamentos. Para começar, o próprio conceito de nuvem é prejudicial, pois muitos associam esse tipo de tecnologia a algo fluído, sem barreiras e, portanto, pouco seguro.

Se você tem dúvidas sobre a segurança da nuvem e como realizar a gestão de segurança da informação dentro desse modelo de tecnologia, continue acompanhando nosso post!

Segurança da informação X cloud computing

Boa parte das empresas vem adotando o sistema de nuvem pública por ser mais acessível. No entanto, ao optar por esse modelo, muitas acabam abrindo mão do controle de dados e confiando excessivamente nos provedores. É um fato que as empresas em si têm muito pouco a fazer de forma direta pela segurança dos seus dados, o que não significa que o controle do provedor não deve ser feito.

Fazem parte desses controles de segurança, entre outras ações, a verificação do controle de acesso, a segurança de dados, o gerenciamento de eventos e a apuração de todos os demais elementos de segurança da informação que normalmente seriam checados por uma equipe de TI.

A classificação e vulnerabilidade dos dados

Ao contrário do que ocorre em uma estrutura tradicional de data Center, a barreira que protege a infraestrutura de um sistema de cloud computing é diluída de modo que a segurança fica mais voltada à classificação dos dados, do que à barreiras tecnológicas propriamente. É importante que o contratante do sistema de cloud computing também esteja atento ao controle de segurança por meio dos acessos e à criptografia para que haja um isolamento das suas informações das demais companhias.

A computação na nuvem vem trazendo novos conceitos para a segurança da informação, na medida em que o controle é feito intrinsecamente aos dados e não mais ao sistema em si. Para quem busca esse tipo de solução, é interessante especificar no contrato da prestação de serviços quais serão os recursos de seguridade dos dados, para que eventuais violações possam ser questionadas.

#segurança #hackersProteçãodedadoscorporativos #ngfw #logistica #casb #ataqueDDoSrespostadeincidentes #forcepoint #utm #fortinet #ksecurity #mssp

0 visualização
  • Twitter Ksecurity
  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon

© 2019 by KSecurity - Todos os Direitos Reservados

FALE COM A K