Manipulação de dados: Você está preparado para essa ameaça?



Você tem ideia de quantas informações sigilosas da sua empresa estão circulando através de e-mails? Qual o grau de proteção das informações que podem trazer prejuízos a imagem do seu negócio, caso sejam manipuladas? De que forma a gestão da segurança da informação lida com essa questão?

A manipulação de dados é uma questão importante para a segurança da informação, que muitas empresas ainda negligenciam. Mais do que roubar dados propriamente, hackers podem causar ainda mais prejuízos destruindo a imagem de uma companhia ou instituição, através dessa simples manobra. Quer saber como esse dano pode afetar seu negócio e como protegê-lo? Então continue acompanhando o post que separamos para você!

Imagem e credibilidade

Em 2009, um famoso case de manipulação de dados, envolvendo a Universidade de East Anglia (Inglaterra) colocou em cheque toda a questão das mudanças climáticas, uma teoria que vinha movimentando um mercado emergente na época, relacionado aos créditos de carbono. Uma série de e-mails trocados entre cientistas supostamente atestaria que a tese do aquecimento global não passaria de uma farsa científica, pois a ação humana não teria influencia direta sobre o aumento da temperatura no planeta. Na época, essa situação causou grandes questionamentos e foi um dos fatores que se transformou em ameaça para o protocolo de Kyoto.

Casos como este podem promover danos graves e de difícil recuperação, especialmente quando se trata da imagem de uma instituição ou mesmo de uma empresa. Todo departamento de marketing reconhece o tempo necessário para se construir uma boa imagem de uma companhia e o que a credibilidade pode significar para o mercado. Por isso, a destruição de uma imagem é um dano de grandes proporções que também demorará tempo até que ocorra a recuperação.

Modus operandi

Assim como a grande maioria dos cibercrimes, a manipulação de dados envolve a invasão do sistema e o dano das ferramentas de proteção. Para evitar esse tipo de crime é preciso contar com um conjunto de recursos poderosos envolvendo criptografia, controle de acesso e monitoramento de comportamento do usuário. Isso ajuda a promover o gerenciamento de segurança dessas informações, prevenindo esse tipo de ação.

Hoje um sistema de proteção de dados precisa contar com o controle total sobre como os funcionários acessam, utilizam ou transferem informações pelos diversos canais que possuem, tais como, e-mails, mensagens instantâneas ou USB. Esse tipo de controle, por conta da tecnologia mobile, precisa ir além das paredes da empresa e se estender por todos os dispositivos que facilitam o trabalho remoto da companhia.

Da mesma forma, o monitoramento do sistema precisa ser constante e eficiente para identificar movimentos estranhos que sinalizem uma potencial invasão.

Enquanto nos EUA a manipulação de dados vem se tornando uma preocupação constante, especialmente de órgãos envolvendo a segurança, no Brasil muitas empresas ainda pensam que estão imunes a esse tipo de ataque. Porém, os danos de imagem podem ser grandes e trazer prejuízos incalculáveis para diversas companhias.

#segurança #hackersProteçãodedadoscorporativos #ngfw #logistica #casb #ataqueDDoSrespostadeincidentes #forcepoint #utm #fortinet #ksecurity #mssp

6 views
  • Twitter Ksecurity
  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon

© 2019 by KSecurity - Todos os Direitos Reservados

FALE COM A K